ATAS DE REGISTRO DE PREÇOS: E QUANDO O ÓRGÃO GERENCIADOR NÃO UTILIZA TODO O SEU LIMITE REGISTRADO NA ATA? (ESTUDO, POR ANALOGIA).